Coco Chanel 💎

Olá Pessoal, tudo bem?

Hoje vou falar de uma pessoa que é um símbolo francês, um símbolo da moda, da ousadia e do glamour! O mundo da moda é outro após Gabriele, mundialmente conhecida como Coco Chanel, se você quer conhecer sobre sua vida, suas dificuldades, e até sobre sua ligação com o nazismo, vem comigo!

Coco nasceu em Saumur, localizada na região administrativa da Pays de la Loire, na França, no dia 19 de agosto de 1883, no seio de uma família que contava, além dela, com mais quatro filhos, duas garotas e dois meninos. Seus pais eram pessoas humildes, o pai um caixeiro-viajante e a mãe uma empregada doméstica. Com o falecimento desta, ela passou a ser educada em uma escola interna.

Gabrielle Bonheur Chanel, posteriormente conhecida como Coco Chanel, se tornaria uma das estilistas mais conhecidas do mundo ocidental, deixando sua marca no universo da moda e dos perfumes.

Ao sair do colégio, com vinte anos, Gabrielle fez algumas tentativas na área da dança e do teatro, em 1910, Chanel conhece o milionário Etienne Balsan, seu primeiro amor com quem passa a viver.

Segundo o 1º filme ‘Coco Chanel’ a estilista que até então criava apenas chapéus, tinha dificuldade em ser aceita na sociedade por viver um romance incomum com Etienne . Logo conhece Boy Capel, seu grande amor e (segundo o 1º filme) amigo de Etienne.

Boy Capel foi seu grande incentivador e foi quem lhe abriu a primeira loja em Paris.A loja Chanel iria se tornar um sucesso e apareceria nas revistas de moda mais famosas de Paris. Com este relacionamento, Chanel aprendeu a freqüentar o meio sofisticado da Cidade Luz.

Após o abandono de Boyle, seguido logo depois por sua morte em um acidente, ela inaugura sua primeira loja de costura. A estilista segue colecionando relacionamentos controvertidos, ao lado de nobres, homens muito ricos e políticos influentes.

Nos anos 1920, Chanel já era uma designer influente, desenhava roupas confortáveis, com tecidos fluidos, peças emprestadas do guarda-roupa masculino e saias mais curtas, em contraste com a silhueta feminina rígida da época.

Em 1922 criou o famoso perfume Chanel n° 5, que alavancou seus negócios e se tornou legendário.

Sua carreira teve um renascimento nos anos 1950. O cárdigã, o vestido preto, as pérolas tornaram-se marca registrada do estilo Chanel.

No círculo da moda ela inova, subverte os padrões, se destaca pioneiramente em uma esfera que só reservava o sucesso para o sexo masculino. A estrela da moda se tornaria a criadora da célebre empresa de moda feminina Chanel S.A. O nome que a consagraria, ‘Coco’, foi escolhido quando ela ainda se aventurava no universo musical, cantando em pequenos cafés, entre 1905 e 1908.

Coco viveu em um período bastante conturbado, a era que vivenciou as terríveis guerras mundiais. Quando o exército de Hitler invadiu a França, Chanel já era famosa por seus chapéus, suas criações com aparência masculina, e por seu mais conhecido conceito, o do ‘pretinho básico’. Sua essência mais célebre, de 1922, também já perfumava a pele feminina.

Para os historiadores, porém, não é exatamente essa face de Coco que a transforma em um personagem significativo, mas sim sua deplorável e arriscada incursão na via da colaboração com os nazistas. Assim como ocorreu, infelizmente, com diversos franceses, ela também se uniu aos seguidores do Führer.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Chanel envolveu-se com um oficial alemão e fechou sua loja, que só seria reaberta em 1954. No final da guerra, os franceses não aceitaram bem este romance e deixaram comprar seus produtos. Com isso, Chanel passou por dificuldades financeiras, passou a vender suas roupas para fora da Europa e decidiu se mudar para a Suíça. Por conta da morte do ex-presidente dos EUA, John Kennedy, e também devido à admiração da ex-primeira-dama Jackie Kennedy por Chanel, ela começou a aparecer nas revistas de moda com a criação dos seus tailleurs.

Coco Chanel voltou a Paris e retomou as luxuosas estadias no Ritz. Ali morreu a milionária, em 1971, depois de ficar doente repentinamente, deitada em sua cama, perfeitamente vestida, penteada e maquiada, aos 88 anos de idade. 

Coube ao estilista alemão Karl Lagerfeld reinventar a elegância do estilo Chanel, assumindo o cargo de diretor artístico da Maison em 1983.

Desde então, vem renovando as criações da grife, garantindo que sua identidade nunca seja perdida. Os ícones continuam presentes a cada coleção, só que agora sob novas proporções e tecidos tecnológicos. Protótipos de carros feitos pelo designer sul-coreano Jinyoung Jô e aplicativos para iPhone também estão entre as novidades high-tech da mulher Chanel do século

Ótimas dicas de filmes sobre a vida de Coco Chanel

Algumas Frases de Coco Chanel

Como se vê, a influência de Chanel ultrapassa a fronteira da moda e da forma de vestir e se situa na proposta de uma nova mulher.

Além das peças icônicas criadas por Coco Chanel, seu estilo é um grande legado: prático, simples e elegante. Ainda hoje, super atual! 

Espero que tenham gostado e o próximo post será sobre o apartamento de Coco Chanel em Paris, aguardem!

Beijos 😘

Vanessa 🌻

Fontes:

http://bravonline.abril.com.br/conteudo/cinema/coco-chanel-moda-tempos-guerra-502701.shtml

http://www.netsaber.com.br/biografias/ver_biografia_c_206.html

http://pt.wikipedia.org/wiki/Coco_Chanel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s