Dicas para utilizar o Airbnb🏡

Salut mês amis, hoje vim falar de um tema muito importante, sobre os cuidados necessários ao alugar um apartamento pela plataforma Airbnb, eu já aluguei uma única vez e foi uma experiência fantástica, mas cuidados são necessários, então vem comigo, pois eu vou explicar tim tim por tim tim!

O Airbnb é uma plataforma de aluguel de acomodações ao redor do mundo, presente em 190 países e em mais de 34 mil cidades, conta atualmente com mais de 2 milhões de acomodações e acumula 60 milhões de hóspedes, em números que aumentam todos os meses.

É possível ofertar ou procurar desde apartamentos por uma noite, castelos por uma semana ou um condomínios por um mês, com preços e opções para quase todos os bolsos e gostos. O Airbnb tem regras rígidas de funcionamento e um serviço de atendimento ao consumidor de nível internacional.

Confira as dicas para não cair em armadilhas:

1. Os comentários são uma mina de ouro

Ninguém melhor que os próprios hóspedes para revelar a verdade sobre os anúncios. Certamente esta é a principal fonte de informações sobre arredores e, principalmente, sobre o próprio anfitrião.

No geral os anúncios descrevem bem as hospedagens, as condições e as regras gerais do imóvel que você está interessado. A grande maioria dos anúncios é ricamente ilustrada com fotos muitas vezes produzidas por fotógrafos profissionais (mimo oferecido pelo próprio Airbnb aos proprietários). Mas há algo que não podemos esquecer: esses anúncios são escritos por pessoas que estão interessadas em ter você como hóspede, e em alguns casos, alguns “detalhes” importantes podem não receber o merecido destaque, como por exemplo a questão do elevador.

Em muitos prédios em Paris não possuem elevador e muitos apartamentos para locação no site ficam no 5º ou 6º andar e subir escadas estreitas com malas pesadas é uma péssima ideia, passei por esse é foi motivo para mudar de apartamento.

Minha dica é procurar hospedagens com pelo menos 4 avaliações. Menos que isso pode não ser relevante.Considere os aspectos que são mais importantes para você. Em caso de reiteradas avaliações negativas, caia fora.

2. Localização + Sofisticação = Preço Final

As opções de hospedagem no Airbnb passam por dormitórios coletivos de baixíssimo custo, até imensos palácios do século XVI.

Existem 3 tipos de habitações:

(a) Quartos compartilhados;

(b) Quartos inteiros

(c) casa/apartamento inteiro.

Eu recomendo observar a localização, pois esse detalhe é muito importante.

Lembre-se de sempre avaliar as opções de transportes das redondezas, no caso de Paris acredito que será sempre tranquilos pois temos metrô por toda cidade e também muitos ônibus por toda a cidade.

Coloque suas prioridades na balança e faça sua escolha.

3. O preço final é o que importa

Não se impressione com o valor que aparece no mapa ou na tela de pesquisa. Este preço é apenas uma referência de comparação e pode variar radicalmente de acordo com o número de pessoas na sua reserva e das datas da sua viagem. Por isso é muito importante que na sua busca informe as datas de entrada e saída e quantas pessoas estarão contigo durante a estadia. Ao fazer isso o site automaticamente omite as habitações que não possuem disponibilidade para o período desejado. Caso tenha flexibilidade não informe as datas e utilize o calendário de cada anúncio para visualizar a disponibilidade da hospedagem e veja se são adequadas. Além das diárias alguns proprietários estabelecem uma taxa de limpeza e sempre é adicionada a comissão do Airbnb ao final da compra. Então o que importa é o valor que aparece dentro do anúncio, depois de informada suas datas. Recomendo que se informe exatamente o número de pessoas no seu grupo. Deixar de contabilizar algum hóspede é considerado grave pelas regras de uso do portal.

4. Use e abuse dos filtros

Conforme você ajusta seus critérios, a relação de anúncios vai sendo atualizada para refletir suas preferências. Quando estiver sendo exibido algo em torno de 20 ou 30 anúncios, comece a explorá-los. Se restarem poucos anúncios ou estes não lhe agradem, volte aos filtros e altere alguma coisa. Lembre-se que só são mostrados os anúncios referentes à região do mapa que estiver sendo exibida naquele momento. E por que isso tudo? Caso você deixe os filtros em aberto, será o Airbnb que escolherá quais anúncios você vai ver, e certamente, não serão os mais adequados ou econômicos para você.

5. Use o Google Maps

A ferramenta de mapa do Airbnb é ótima, mas é no Google Maps que a sua viagem começa. Após escolher um candidato utilize a função Street View para vasculhar a vizinhança.

Tudo isso te dará confiança e segurança, além de ser uma excelente maneira de começar a curtir sua viagem, antes mesmo de arrumar as malas.

6. Faça uma lista do quê você precisa e tire todas as suas dúvidas, isso é muito importante!

Leia o anúncio atentamente, verifique tudo que estará disponível e caso sinta falta de algo pergunte. Não presuma nada.

➡️ Se serão fornecidos lençóis e toalhas limpos.

➡️ Se possui aquecimento central

➡️Se possui elevador

O papel do anfitrião é fazer com que se sinta seguro e tenha uma boa experiência e normalmente eles irão lhe dar toda a atenção. Só não espere um guia de turismo ou uma babá para seus filhos, pois isso não faz parte do pacote.

Sempre se entre em contato com o anfitrião, antes de fechar a estadia, pois também é uma forma de se avaliar a sua disponibilidade/presteza.

A demora para responder as mensagens já é por si só um mal sinal. Se não for algo isolado eu prefiro procurar outro local. A grande maioria responde muito rápido.

7. Antecipe-se

Existem algumas cidades extremamente disputadas, ainda mais cidades como Paris, Londres ou New York, aonde é praticamente impossível conseguir uma reserva de última hora

O preço não varia de acordo com a antecedência da sua compra, mas dependendo do destino, as opções mais em conta podem se esgotar com bastante antecedência. Portanto tenha cuidado com as políticas de cancelamento mas não deixe para última hora, pois pode ser tarde demais.

8. Aproveite a opção de parcelamento

O portal inclui a opção de parcelamento. Apesar de serem apenas 3 parcelas, em tempos de crise, qualquer alívio é bem vindo.

9. O Airbnb nem sempre é a melhor opção

Existem cidades com milhares de anúncios, outras com pouquíssimas opções. Na maioria das vezes você encontra algo que lhe agrade, mas em outras não. Lembre-se que existem outras opções como por exemplo os tradicionais sites Booking e Hoteis.com.

10. Leia as condições de cancelamento

Sabemos que às vezes as coisas não vão como imaginamos e nossos planos precisam mudar. A regra de cancelamento é definida pelos próprios anunciantes, de acordo com regras pré-definidas pelo Airbnb. Existem anunciantes que são mais flexíveis e permitem cancelamento sem multa até 1 dia antes do check in.

A política de cancelamento moderada determina reembolso de 50% do valor pago, caso o cancelamento ocorra com menos de 5 dias para a chegada. A política de cancelamento rigorosa prevê que cancelamentos realizados com menos de uma semana não serão reembolsadas. As taxas de limpeza serão sempre reembolsadas em caso de cancelamento, mas atenção, a taxa do Airbnb não é reembolsável. Eu recomendo que só feche a compra após a emissão de suas passagens e que dê preferência pelos anúncios com política de cancelamento flexível, que infelizmente, são a minoria.

11. Reserva instantânea e reserva rejeitada

Os anúncios tradicionais do Airbnb exigem que o anfitrião aprove o seu pedido de reserva. Na verdade, assim que você entra em contato com o anfitrião informando as datas (mesmo que com uma pergunta qualquer) é possível para ele autorizar ou rejeitar a sua hospedagem.

Alguns anunciantes por outro lado, cadastram seus anúncios na categoria reserva instantânea, sendo possível neste caso, contratar a reserva independente desta aprovação.

Espero que esse artigo tenha sido útil!

Bisous 😘

Vanessa 🌻

Fontes:

http://www.melhoresdestinos.com.br/dicas-airbnb.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s